sábado, 3 de setembro de 2016

Parei na estrada , e agora??

          Em nossas saídas estradas afora estamos sujeitos a um problema qualquer que nos encaminhe para o acostamento, seja um pneu furado, uma pane elétrica, mecânica ou até mesmo a falta de gasolina. Alguns "mexanicos" se viram nessas horas (com exceção da falta de gasolina), mas muitos ficam perdidos e nessa hora vem a pergunta: O que fazer?

          O primeiro passo é proteger-se, estacionar a moto em local o mais distante possível da pista de rolamento, recentemente publicamos a matéria "Parar no acostamento - perigo fatal" que fala sobre os perigos de parar no acostamento.  As dicas são simples, mas muitas vezes passam batidas, vamos a elas:

          Um dos benefícios de se contratar um seguro para sua moto é justamente o resgate, as boas seguradoras oferecem este serviço, não deixe se carregar o cartão com as informações de sua seguradora. 

          Andando em rodovias pedagiadas procure anotar o tele 0800 das concessionárias de serviços, as empresas fazem o resgate gratuitamente e muitas vezes te levam até uma oficina mecânica ou borracharia em beira de estrada. 

          No caso de rodovias não pedagiadas procure carregar informações telefônicas de empresas que efetuam resgate de motos, em média eles cobram de R$ 1,10 a R$ 1,80 o km rodado - algumas utilizam carro fechado e outras utilizam carretinhas de motos,

          Perceberam que é importante manter o celular com a bateria carregada certo? Mas se não tiver sinal de satélite? Nesse caso é o velho método de pedir ajuda aos caminhoneiros ou motoristas que transitam pela rodovia.

          Para quem faz parte de moto clube ou moto grupo, colocar o colete pendurado no bau ou no sissy bar é o sinal de pedido de ajuda, o fato de passar algumas motos sem parar não significa que sejam maus motociclistas, se você não sinalizar ou não pedir ajuda eles não irão parar mesmo, vivemos num mundo onde a insegurança aumenta a cada dia.

          Para o caso de pneu furado, é interessante carregar o "Reparador de Pneus" ou então o conhecido "macarrãozinho", a aplicação de ambos é muito simples.



Nenhum comentário:

Postar um comentário