terça-feira, 16 de junho de 2015

DICAS DE PILOTAGEM


ANTES DE LIGAR A MOTO

- Calças e Jaquetas - Nas cidades dificilmente a gente encontra um motociclista fazendo uso da calça e jaqueta, no entanto, sabemos a importância desse item. Nas estradas isso se torna uma obrigatoriedade, essas roupas possuem uma proteção que podem evitar algo mais grave em caso de queda.

- Calçado - utilize um calçado que cubra seu tornozelo, nas estradas dê preferência aos sapatos com o "cano" um pouco mais longo.

- Capacetes - o uso do capacete é obrigatório em nosso país, existem diversos modelos de capacete no mercado, o melhor é utilizar aqueles que possuem "queixeira" e use sempre a viseira baixada, evitando assim uma multa indesejada - Em muitas cidades de interior é comum encontrarmos motociclistas sem o capacete, sabemos o quanto é gostoso pilotar sem esse esquipamento, porém, a falta dele pode ser fatal, melhor obedecer a lei.

- Luvas - Em caso de tombo, essa é a primeira parte do corpo que encontra o chão, melhor protegê-la.

- A moto - Para ser motociclista não é necessário ser mecênico, mas saber e observar alguns detalhes é uma obrigação:
  • Corrente devidamente lubrificada;
  • Pneus calibrados;
  • Acertar os retrovisores;
  • Verificar pastilhas de freio;
  • Funcionamento dos piscas picas, luzes de alerta e freio;
  • Regulagem de luzes alta e baixa.
  • Ver se esta com gasolina
  • Tempo de validade do óleo

ANDANDO NA CIDADE

- No semáforo procure parar na linha divisória das pistas (quando tiver duas pistas).  Quando estiver andando em grupo, procurem sempre ocupar apenas uma faixa da pista e lembrem-se de parar antes da faixa branca, a fato da roda dianteira estar sobre a faixa já é motivo para multa.


- Não ultrapasse pela direita, muitos motoristas esquecem de fazer uso de seus retrovisores e ultrapassar pela direita aumenta o risco de um acidente. Quando estiver ultrapassando, procure analisar o comportamento do motorista, verificando se ele não esta dando sinais que irá trocar de pista, você poderá estar no ponto cego e ele não irá ter enxergar, faça uma ultrapassagem sempre na defensiva.

- Evite andar próximo aos carros estacionados, mantenha uma distância segura, alguém distraído pode abrir a porta de um carro.

- Evite fazer corredor quando os carros estiverem em movimento.

- Quando for fazer uma conversão não esqueça de ligar o pisca, dê uma olhada no retrovisor se o carro que esta logo atrás esta em alta velocidade ou muito grudado à sua moto, se possível, faça um gesto com a mão sinalizando a sua intenção.

- Procure não ficar junto de outras motos no trânsito, no caso da necessidade de desvio de um buraco, o espaço entre uma e outra poderá não ser suficiente, acarretando um acidente.

- Nos cruzamentos, diminua a velocidade, mesmo em caso de via preferencial, sempre aparece um louco que não observa quem tem a vez.

- Quando for estacionar sua moto, procure deixar em lugar específico para motos, evite deixa-la entre dois carros, o motorista de um carro ou caminhão poderá derrubar sua moto em caso da necessidade de uma marcha ré.

 ANDANDO ACOMPANHADO

- Andar com garupa significa mais peso em sua moto, verifique a calibragem dos pneus de sua moto.

- O comportamento do garupa deve ser o de andar próximo ao piloto, agarrando em sua cintura pressionando as pernas na cintura do piloto, ou ainda segurando as alças laterais da moto. O garupa deve

inclinar-se junto com o piloto nas curvas e evitar fazer algum movimento brusco.

- Cabe ao piloto, antes de andar um pouco mais forte, verificar o comportamento do garupa, afinal, o piloto pode até ter o controle sobre a moto, mas não tem sobre o corpo do garupa, muitas pessoas são inseguras em andar de moto, nesse caso cabe ao piloto andar mais leve.

- Crianças com menos de sete anos de idade não podem ser transportadas em motocicletas, conforme determina o Código Nacional de Trânsito, esta infração é considerada gravíssima, pode acarretar em sete pontos na carteira de habilitação e suspensão do direito de dirigir.
TRANSPORTANDO CARGA



- Para transportar uma carga, procure verificar se ela esta bem fixa e se o peso esta bem distribuído na
moto.
- Procure não carregar muito peso, nesse caso, cabe uma consulta no manual da moto.





SAINDO DA CIDADE

- Nas rodovias, procure manter uma distância dos carros da frente, as motos são mais leves e numa necessidade de frenagem pode não haver tempo e espaço suficiente para a moto parar.

- Antes de entrar numa curva reduza a velocidade e durante a execução mantenha a moto inclinada e a velocidade constante, após a curva retorne a aceleração aos poucos até que a moto esteja reta. 

- Procure evitar a frenagem durante a execução de uma curva, você poderá perder o controle sobre ela.

- Andar à noite nas estradas de moto não é muito aconselhável, use roupas que possuam refletivos, não olhe diretamente nos faróis dos veículos

- Procure ultrapassar os caminhões passando distante de seu rodado, caminhões costumam perder seus "jacarés" no meio do caminho.

- Em caso de estradas esburacadas, segure bem o guidão e mantenha seus joelhos flexionados e presos no tanque, isso dará mais estabilidade, permaneça assim apenas em trechos críticos.

- Cuidado com as cabeceiras das pontes, é normal existir um desnível na pista.

- Aprenda a usar o método do contra esterço nas curvas, isso facilitará sua vida


ANDANDO NA CHUVA


- Evite andar pelos cantos da pista, principalmente nas da direita onde se tem um grande movimento de caminhões, geralmente esses cantos possuem ondulações na pista e é onde se concentra o maior número de sujeira, a pista se torna mais escorregadia.

- Evite passar pelas poças d'água, você nunca sabe o tamanho do buraco que ela esconde. Quando estiver atrás de um veículo, procure andar na trilha que ele vai deixando.

- Se for andar muito tempo na chuva, diminua a calibragem dos pneus, isso ajuda na aderência.

- Cuidado ao frear a moto, você deverá frear da mesma forma quando o tempo esta seco, no entanto com um pouco mais de antecedência, pois a resposta é um pouco mais demorada, se você frear bruscamente a tendência é que o disco molhado deslizará as pastilhas e secará rapidamente, podendo bloquear a roda..

- Evite passar sobre as sinalizações horizontais sob chuva (normalmente pintadas de branco), pois a aderência é menor nesta condição, o risco de queda aumenta principalmente em curvas. (Essa orientação foi passada pelo nosso amigo Eduardo Antunes (conf. comentário abaixo) - Nosso agradecimento pela colaboração.
SITUAÇÕES DIVERSAS





- O travamento da roda dianteira é mais difícil de controlar, por isso quando acontecer, libere rapidamente o manete do freio e volte a frear novamente. Na roda traseira é mais comum devido à falta de peso no momento da frenagem. Mas em qualquer situação deve-se manter a trajetória reta e alivie o freio da roda que está travada.

- Fique atento a todas as informações que possam sinalizar situações perigosas.

- Pneu furado: Segure o guidão com firmeza, pilote suavemente e vá diminuindo a aceleração. Evite reduzir marchas e frear. Diminua a velocidade vagarosamente e saia da rua/estrada. Se você for obrigado a frear, use o freio do pneu bom (que não está furado).

- Vento constante: Incline a moto contra a direção do vento e dê margem para manobra. Use o PIPDE para identificar quando o vento vai mudar, pontes e passarelas são locais mais comuns e prédios altos podem contribuir para causar rajadas de vento.

- Alagamentos: evite transpô-los, já que é difícil avaliar a profundidade da água e velocidade da correnteza.

- Buracos na pista - sempre que identificar um buraco, não fixe seu olhar por muito tempo nele, caso contrário é lá que sua moto irá passar.

- As manchas no asfalto podem ser sinal de óleo na pista, procure desviar ou então diminuir a velocidade.








































7 comentários:

  1. Muito legal Rogério e muito útil!! Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Minha colaboração: Evite passar sobre as sinalizações horizontais sob chuva (normalmente pintadas de branco), pois a aderência é menor nesta condição, o risco de queda aumenta principalmente em curvas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Editei a matéria acrescentando sua informação e citando a fonte.

      Excluir
  3. Gostei muito dessa matéria...bem instrutiva e serve de alertas !

    ResponderExcluir