Campo Alegre - Serra da Dona Francisca - Santa Catarina



          Campo Alegre é uma pequena e charmosa cidade localizada em meio às campinas e vales do Norte de Santa Catarina ligando o litoral ao clima serrano pela histórica Estrada Dona Francisca. Rodeada por araucárias e hortênsias, a cidade é considerada a Capital Estadual da Ovelha, e nela tem uma forte vocação economica, gastronomica e cultural, que pode ser apreciada o ano inteiro.


          O aconchego de seus casarões coloniais, os passeios em meio a natureza, as cascatas e sua rica gastronomia típica, aliado ao famoso churrasco de ovelha, fazem desse cantinho do estado um roteiro perfeito pra descanso, contemplação e lazer junto a verdadeiros santuários.


Principais distâncias

Florianópolis, SC 232 km
Joinville, SC 60 km
Curitiba, PR 123 km
Rio Negrinho 30 km
Blumenau 148 km
São Paulo 580 km
Porto Alegre 700 km
Chapecó 566 km

ESTRADA IMPERIAL DONA FRANCISCA (SERRA DA DONA FRANCISCA)


          Conhecida por suas belezas naturais e uma vista privilegiada, a SC-418, popularmente chamada de Serra Dona Francisca e que liga Joinville ao Planalto Norte de Santa Catarina, recebe turistas diariamente para a apreciação da extensa área verde que circunda a estrada.

          Por outro lado, a rodovia também é famosa pelo seu trajeto sinuoso, principalmente na região da serra, onde apresenta pontos que exigem atenção redobrada dos motoristas.



          A princesa Francisca Carolina, irmã de Dom Pedro II, casou-se com o príncipe francês François Ferdinand Phillippe Louis Marie. Uma gleba de terras na província de Santa Catarina integrou o dote. Essas terras foram colonizadas mais tarde por imigrantes europeus. Segunda estrada do Brasil a possibilitar o trânsito de carroças, a Dona Francisca teve sua construção iniciada em março de 1858, por conta do engenheiro Leonce Aubé. 

          O objetivo era ligar o litoral com o planalto de Curitiba para escoamento da produção. O governo imperial financiou toda a construção. A estrada atinge, como ponto terminal, a cidade de Rio Negro, no Paraná. Este pedaço da Estrada Dona Francisca possui seu traçado original, o qual antigamente era o único acesso utilizado para chegar ao centro de Campo Alegre, bem como seguir às cidades de São Bento do Sul e Joinville. 

          No caminho há uma bela queda d’água, perfeita para uma fotografia. Pedaços da estrada ainda preservam seu pavimento original, colocado no século 19. Por conta da construção da estrada, foi descoberto um povoado no alto do morro, onde hoje fica a localidade de São Miguel. Eram os primeiros habitantes do local que, anos após, viria a se tornar o município de Campo Alegre.


PASTEL





         Campo Alegre é a cidade da conhecida Serra da Dona Francisca, o que significa dizer que a parada para comer um pastel é missão obrigatória.




















CASCATA PARAÍSO


          Cachoeira localizada bem no centro da cidade, a alguns metros da Prefeitura Municipal. Suas duas quedas juntas somam mais de 60 metros de altura, e nos seus paredões rochosos é possível praticar rapel e escalada. O local é propício para banho e para contemplação da paisagem. Próximo ao topo da cachoeira há um mirante natural, de onde se pode avistar toda a cidade e as montanhas da Serra Dona Francisca. Antigamente, a força das águas da cascata gerava energia elétrica para impulsionar as máquinas de uma importante fábrica de amido e fécula de batata, de propriedade da Cia. Lorenz.





SALTO DO IMIGRANTE

          Possuindo duas quedas d’água, sendo uma com 15 e outra com 20 metros de queda, o Salto do Imigrante é uma cachoeira rodeada por mata atlântica e com diversos animais silvestres. 

          Situa-se em propriedade do Refúgio Fazenda Monte Olimpo. Pode-se avistá-la da rua ou entrar em contato com o meio de hospedagem.


          Horário de funcionamento: Como localiza-se em propriedade particular, a visitação pode ser feita somente com autorização.
E-mail: zeus@monteolimpo.tur.br
Site: www.refugiomonteolimpo.com.br
Telefone: (47) 9964-7160 ou (47) 3632-7328
Endereço: Estrada Avenquinha ao Salto,, n°3201 (RM 510)


SALTO DO ENGENHO
          O salto é uma queda d’água com apenas 7 metros de altura, porém com grande volume de
água. Como a cachoeira cruza a rua, do outro lado as águas são mais calmas e rasas, sendo possível tomar um refrescante banho e até pescar.

          Conta com uma lanchonete ao lado, com infraestrutura para assar um delicioso churrasco e até mesmo acampar.


Horário de funcionamento: Área livre aberta ao publico
Telefone: (47) 3632-7328 ou (47) 3632-2450




A HISTÓRIA DA CIDADE

          Tudo começou com o casamento da princesa Francisca Carolina, irmã de Dom Pedro II, com o príncipe francês François Ferdinand Phillippe Louis Marie. Uma gleba de terras na província de Santa Catarina integrou o dote desta união. Essas terras, que hoje são as cidades do norte de Santa Catarina, foram colonizadas por imigrantes europeus. Os mesmos imigrantes construíram a Estada Dona Francisca para ligar Joinville e o litoral de Santa Catarina com o planalto de Curitiba para escoamento da produção. O governo imperial financiou toda a construção que atinge, como ponto terminal, a cidade de Rio Negro, no Paraná.


          A Dona Francisca é a segunda estrada do Brasil a possibilitar o trânsito de carroças, e teve sua construção iniciada em março de 1858, por conta do engenheiro Leonce Aubé. Hoje a Rodovia SC 301 na altura da Serra Dona Francisca possui o traçado original da antiga estrada Dona Francisca.














Fina Trufa Chocolateria

Museu Municipal

Armazem Dona Francisca
Hotel Campo Alegre








2 comentários:

  1. Boa tarde...
    Amigo, qdo vc se refere a Campo Belo, no título e algumas citações no texto, vc está se referindo a Campo Alegre, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa!! Fato, o blog esta atualizado, obrigado pela observação

      Excluir