Paso Los Libertadores - Argentina / Chile

          Chile e Argentina compartilham mais de 5.000 quilômetros de fronteira, a maioria deles desenhados sobre os picos imponentes da Cordilheira dos Andes. Com mais de 40 postos de fronteira entre os dois países espalhados pelas Cordilheiras dos Andes, difícil é escolher qual deles é o mais espetacular de todos. Um dos mais conhecidos dos brasileiros é o Paso Los Libertadores , também conhecido como o Paso del Cristo Redentor, ou ainda, conhecido pelos turistas e moradores locais como Los Caracoles, muito embora Los Caracoles apenas faça parte de todo complexo do Paso Los Libertadores.

          A fronteira é na verdade um túnel, o túnel do Cristo Redentor , localizado a 3.209 metros acima do nível do mar e 3.080 metros de comprimento, dos quais 1.564 estão em território chileno e 1.516 no lado argentino, Transpondo o túnel internacional chegamos ao Chile, a descida tem um desnível de 670m, num percurso sinuoso, movimentado e pouco sinalizado, de aproximadamente 30 km através dos "caracoles"- tanto o Túnel, quanto os Caracoles são obras de ousadia humana no controle da geografia.

          Para chegar ao lado argentino a subida é subida suave, a encosta da Cordilheira vista desse lado é mais abrupta, mais rochosa. As curvas, quase que uma sobre a outra formam a vista perfeita do perigo eminente. Contudo, o acesso para o lado chileno é outra história, a paisagem permanece a mesma, mas a estrada sinuosa em descida, o tráfego é intenso, com destaque para veículos pesados ​​formando longas caravanas que ritmo vagaroso tornando a descida mais tensa.

          A estrada foi reformada em 2013 e abril deste ano estivemos a caminho de Santiago, no entanto, devido à neve que caia no lado chileno fomos proibidos de passar por ali, o túnel seria liberado somente 4 dias após e então resolvemos voltar, uma vez que já havíamos passado por ali anteriormente. Esta estrada é a mais importante para ligar a capital do Chile, Santiago até a cidade de Mendoza, Argentina, sendo também um importante corredor de exportação. 

          No inverno, a concentração de neve e as fortes pendentes garantem a Portillo (situado no topo dos Caracoles, a 2855m de altitude e a 152km de Santiago) manter as boas condições das pistas de esqui, consideradas as melhores, as internacionais, da região. 

          Finda a descida, a estrada passa a acompanhar o vale do Rio Aconcágua até Los Andes, de onde se ramifica e leva o viajante à área metropolitana de Santiago ou a Valparaíso/Viña del Mar. 

          Vista desde baixo para cima, a parede abrupta da Cordilheira dos Andes nos impressiona e assusta mostrando a sua grandiosidade. A região do Paso Los Libertadores enriquece a rota dos viajantes aventureiros sobre duas rodas, tamanha a sua beleza.

DICA: O convênio existente entre países do Mercosul e seus associados permitem a entrada com documentos pessoais tipo Identidade e Carteira de Habilitação, mas o processo para passar pela aduana se torna mais rápido se você estiver com passaporte de PID (Permissão Internacional para Dirigir) o trâmite será muito mais rápido.

DICA II - Se o seu carro estiver alienado, solicite uma autorização para viagem ao exterior, o pessoal lá de fora costuma invocar com isso.

Veja também:

Carta Verde (Mercosul)
Soapex - Chile
Soat - Peru
Declaración Jurada de Ingreso y Salida de Vehículo de Uso Privado para Turismo - BOLIVIA
Dinheiro vivo em viagem
Consulados do Brasil na América do Sul
Providências p/ viajar na América Latina























8 comentários:

  1. Parabéns pela matéria Rogerio. Conheço a região desde quando se cruzava a fronteira usando o mesmo tunel ferroviário transitando pelo meio dos dormentes (era quase um offroad pois era de terra mesmo). O tunel atual foi uma grande obra de engenharia que trouxe um grande avanço para o cruze da cordilheira. Para os aventureiros, recomendo subir pelo Cristo Redentor "apenas no verão", uma belíssima paisagem e uma experiência inesquecível. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu!! Obrigado pelo comentário!
      Retornamos em abril, mas fomos impedidos de passar, o Túnel estava fechado.

      Excluir
    2. Subir no Cristo pelo lado argentino e descer pelo lado chileno! Muito bonito e um tanto diferente.

      Excluir
  2. mais uma dica; logo que sair da Aduana Chilena, descendo a estrada vai encontrar na beira do caminho o Hotel Portillo. Vale a pena desviar para conhecer a "Laguna del Inca" que está nos fundos do hotel. :)

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. o 1º passo você já deu meu irmão: sonhar. O 2º passo: marcar a data da saída. :)

      Excluir