sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Se beber, não pilote - Se pilotar, não beba - o que opinar?

          O texto abaixo não é meu, foi extraído de uma página publicada em janeiro/2013 a qual não cito a fonte, mas se alguém desejar visitar é só copiar o texto e jogar no Google. 

"De moralista eu não tenho nada, eu só aprecio histórias que “param em pé”. Se tem início, meio e fim, muito provavelmente eu vou entender. Mas quando olho para o picadeiro cotidiano e vejo personagens sob uma mesma lona do Estado encenando uma peça chamada “Se Beber não Dirija”, a conta não fecha… Fica faltando pecinhas no quebra-cabeças, o que torna uma obra non-sense, um teatro do absurdo. E a vida como ela é não perdoa peças insólitas, ela manda a conta depois do espetáculo."

e continua ......  "A gente usa uma parábola divertida para falar de algo sério. Nos Estados Unidos há verdadeiras cruzadas sobre pilotar e dirigir bêbados, nada moralista e sim realista, eles têm inclusive um fundo para suportar acidentados enquanto aguardam uma compensação do Estado. Há várias celebridades envolvidas que doaram ou dinheiro ou artigos para serem leiloados, como David Bowie, Bob Dylan, Ian Anderson (Jethro Tull), entre outros, e para não ficar fazendo discurso de sofá, eu deixo o link do BADD – Bikers Against Drunk Drivers, ou em latim modificado: Motociclistas Contra Motoristas Bêbados.

          Também não sou tão moralista, acredito que cada um tem o seu "livre-arbítrio" e deve fazer o quem bem entender, salvo quando envolve outras pessoas, no mais, se a pessoa acha bonito entortar o caneco e sair caindo pelos quatro cantos, quem sou para proibi-lo.

          Eu tive e tenho um grande professor no motociclismo chamado Silvio Laerte de Carvalho, com ele aprendi que devemos sempre ajudar um irmão motociclista na estrada, e foi justamente em sua companhia que deparei com um acidente na estrada recentemente. Havia um grupo de motociclistas parados na estrada e minha esposa fotografou-os, essa foto não irei postar para não divulgar o grupo. Percebemos que tratava-se de um acidente, três motociclistas estavam deitados e feridos, eles não observaram que o grupo estava freando para vencer uma lombada e então encavalaram sobre as motos da frente.(Alias, aquela lombada naquele ponto da estrada não tem propósito algum).

         Paramos ali e oferecemos ajuda, perguntamos se já haviam acionado socorro e nos disseram que o carro de apoio estava chegando, e chegou, então uma mulher desceu do carro e já começou uma D.R. criticando o marido por ter bebido o dia todo anterior indo madrugada adentro, por isso inclusive ela resolveu ir no carro e apoio. Bom, é lógico que eu e Silvio deixamos o grupo, não havia ninguém ferido gravemente.

          Um pouco mais a frente paramos num posto de gasolina e havia um sujeito sobre a moto exibindo a sua lata de cerveja, como se fosse um troféu, "eu sou o cara". O cara tava com um olhar de peixe morto, zonzo de tudo e se achando.

         É comum as pessoas beberem e entortarem o caneco em encontros motociclísticos, mas gente, nosso maior patrimônio é a nossa vida, vamos ter um pouco de juízo e não pegar a moto em estado de embriaguez, isso não é questão de moralismo, isso é questão de bom senso, pensem em suas esposas, filhos, pais que estão em casa preocupados, ou ainda, pensem nas pessoas que não tem nada a ver com sua bebedeira e de repente podem perder suas vidas porque tiveram a infelicidade de te encontrar no meio do caminho.

         Naquela mesma matéria havia uma menção : “Respeitáááááável público, no picadeiro o homem que involui!!!” , dando a isso uma certa ironia.

         Realmente o homem evolui, caso contrário ainda seríamos um Homem de Neandertal, uma espécie extinta do gênero Homo, cuja existência está ligada à evolução do homem moderno, graças a essa evolução conseguimos construir nossas máquinas que a utilizamos pelo prazer  de ir e vir.

          Peço desculpas para a pessoa que publicou aquela matéria e dizer-lhe que não sou moralista, eu apenas espero não encontrar o seu corpo estirado no chão por motivo de bebida. Se for para prestar ajuda a você na estrada, que seja para consertar um pneu, esticar a corrente, emprestar o celular para chamar uma Help Bikers  e espero não encontra-lo num simples acidente, apenas isso, para falar a verdade queria encontrá-lo e fazer uma saudação de irmãos motociclista desejando-lhe uma boa viagem, então,


"SE BEBER, NÃO PILOTE!!!!"





2 comentários:

  1. Parabéns, concientização é o caminho. Muito primário ter que aprender somente com multas caríssimas, apreensão e/ou cadeia como é no Chile (lá não tem perdão não)

    ResponderExcluir