sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Parque das Aves - Foz do Iguaçu- Pr.

          Foz do Iguaçu é conhecida mundialmente pelas suas cataratas, mas desde 1994 a cidade passou a contar com mais um ponto turístico, o Parque das Aves, ele está localizado ao lado da Parque Nacional do Iguaçu, ambos podem ser visitados no mesmo dia.
          Dentro do Parque das Aves você estará em um universo incomparável, rodeado por aves de todo o Brasil e do mundo. São 1320 aves de 143 espécies diferentes preservadas em espetaculares 16,5 hectares de Mata Atlântica para você passear com sua família e amigos ao visitar Foz do Iguaçu.
          O Parque das Aves é um grande viveiro, as alas com aves que não voam são apenas cercadas, para as demais, existem algumas grandes "gaiolas" onde o turista tem a oportunidade de entrar e caminhar sendo surpreendido algumas vezes com o voo rasante de alguma ave, tucanos, guarás, araras, gralhas e sabiás. O Parque também possui um borboletário, onde você pode entrar e ficar e observar a diversidade de borboletas.
          Ao longo deste passeio extraordinário você também encontrará harpias, corujas, papagaios e até répteis como jacarés e a sucuri. Ao final, você pode relaxar no restaurante com vista exclusiva para a lagoa de flamingos ou levar para sempre como recordação uma foto segurando uma arara ou uma jiboia.

          A caminhada não é tão extensa, a para se visitar todo o Parque leva-se em média uma hora, lógico que, para os amantes de fotografia esse tempo pode duplicar. Recomenda-se não utilizar o flash das máquinas fotográficas, para não assustar e estressar os animais.
          Há muito para sentir e apreciar, a beleza está em todos os lados, as aves acolhidas no Parque não possuem mais condições de continuar na natureza e são mantidas em um ambiente onde possam viver felizes.

          Num primeiro momento você fica um pouco triste ao ver tantas aves em cativeiro, mas depois que você vai se aprofundando na história do Parque, vai tomando conhecimento de que a maioria das aves foram resgatadas e outra parte já nasceu ali mesmo, ou seja, elas não teriam como sobreviver em outro ambiente e o Parque é bem amplo e com espaço muito bom para as aves.

          No fim da visita o turista poderá comprar algum souvenier na lojinha existente no Parque existem uma variedade muito grande de artesanatos e com preço agradável.
COMO CHEGAR:


TARIFAS
Validade: de 01/01 a 30/06/2017
Estrangeiros   R$ 40,00 por pessoa
Brasileiros   R$ 40,00 por pessoa
Moradores de Foz *    R$ 10,00 por pessoa

*Moradores de Foz do Iguaçu e municípios lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu, munidos de comprovante de residência em seu próprio nome e RG, possuem desconto no ingresso. Crianças de até 8 anos, acompanhadas de um adulto, têm entrada gratuita (não válido para grupos escolares).
Tarifas diferenciadas por lei para visitantes de nacionalidade brasileira:
Estudante brasileiro de 9 a 16 anos:   R$ 20,00 por pessoa.
Estudante brasileiro maior de 16 anos*:   R$ 20,00 por pessoa.
Brasileiro com 60 anos ou mais**:   R$ 20,00 por pessoa.

* Deverá apresentar em nossa bilheteria RG e Carteira de Estudante Oficial Válida.
** Deverá apresentar em nossa bilheteria RG.


A história

          A história do Parque das Aves começa no sudoeste da África, em uma cidade costeira na Namíbia, onde a família Croukamp ganhou um filhote de Papagaio-do-Congo, o qual logo despertou o amor pelas aves em Dennis Croukamp.

         Anos depois, a família mudou-se e um amigo sugeriu a Dennis que se mudassem para Foz do Iguaçu para construir um parque de crocodilos. Dennis replicou: "Eu gosto de aves. Iremos criar um Parque das Aves."

          Aliado a seus amigos, Dennis viajou para o Brasil e, após receber todas as licenças necessárias, adquiriu 16 hectares de floresta subtropical entre o rio Iguaçu e a rodovia que leva às Cataratas do Iguaçu, ao lado de onde hoje fica o Parque Nacional do Iguaçu. Sua esposa Anna, médica-veterinária, adquiriu uma cópia do livro "Português em três meses" e estudou nossa língua.



          O primeiro desafio foi remover do terreno as toneladas de detritos acumulados ao longo dos anos. Toda vegetação invasora foi retirada e, em seu lugar, foram plantadas centenas de árvores nativas. O prédio administrativo, a loja e a lanchonete foram construídos por um empreiteiro.

          Anna adentrou na mata fechada em busca dos lugares ideais para os recintos e criou trilhas pela floresta para uni-los. Graças ao esforço de diversas pessoas que se uniram à causa, o Parque ganhava forma. Em 1º de novembro de 1993, Dennis e Anna começaram a construção do que se tornaria o Parque das Aves.

          As primeiras aves chegaram a partir de doações ou empréstimos de zoológicos brasileiros; animais confiscados foram enviados pelo Ibama. Espécies subtropicais de todos os continentes foram importadas. O borboletário nasceu da vinda de outro amigo da família Croukamp para Foz do Iguaçu.

         O Parque das Aves foi inaugurado no dia 7 de outubro de 1994, 11 meses após Dennis e Anna terem desembarcado no Brasil. Desde então, o Parque não para de crescer graças a um time de brasileiros que se dedica a continuar os sonhos de Dennis.

          Atualmente o Parque das Aves é o maior parque de aves da América Latina.























Nenhum comentário:

Postar um comentário