quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Dicas para sua moto ter mais durabilidade

          Então você acabou de comprar sua moto, ela te dará asas para a liberdade e te levará a muitos lugares, se você adotar alguns procedimentos poderá ocasionar um tempo de vida mais longo ao seu equipamento, abaixo seguem algumas dicas básicas que poderão ajudar para que isso ocorra.

  • Ao dar partida no motor ainda frio, evite acelerar. Deixe que funcione em marcha lenta por alguns minutos até que atinja aproximadamente 40 graus;
  • Evite manter o motor ligado, com a moto parada, depois de suficientemente aquecido;
  • Procure passar as marchas no “tempo” certo, sincronizando corretamente a rotação, para não causar trancos no câmbio e embreagem;
  • Acelere e desacelere o motor sempre com progressividade, sem mudanças bruscas de velocidade;
  • Procure antecipar as suas ações sempre que possível para não frear bruscamente. Isso economiza pneus e sistema de freios;
  • Mantenha os pneus sempre calibrados, o que previne desgastes excessivos da banda de rodagem e evita esforço extra do motor;
  • Se possível, procure abastecer somente em postos que ofereçam combustível de boa qualidade;
  • Troque o óleo do motor, bem como o filtro correspondente, após transitar em locais alagados ou muito poeirentos. Ou sempre que notar alterações de cor no lubrificante, causadas por contaminação com água (esbranquiçado) ou outros produtos (esverdeado);
  • Mantenha sempre limpos os filtros de ar e combustível. No casso de componentes descartáveis, troque-os sempre que “enfrentar” viagens ou abastecimentos em locais sujeitos a muita fuligem, poeira ou sujeira;
  • Verifique regularmente a carga da bateria e o nível de solução (se necessário), para prevenir sobrecargas e esforços extras no sistema elétrico;
  • Não permita que a corrente de transmissão trabalhe folgada ou sem lubrificação, o que causa desgaste prematuro e aumento do esforço do motor;
  • Não faça adaptações de escapamentos, rodas e outros componentes que não tenham a aprovação do fabricante;
  • Faça as revisões periódicas em concessionária autorizada.



2 comentários:

  1. Estou então no caminho certo pois é exatamente que faço a anos, por isso minhas motos duram tanto mesmo com alta Quilometragem!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa ás dicas eu tenho uma Suzuki Moto e sempre sigo essas dicas para preservar a minha

    ResponderExcluir