segunda-feira, 3 de julho de 2017

Pedágio Zero para Motos - Em busca de assinaturas

          Nesse último fim de semana Expedições Latinas esteve no encontro motociclístico na cidade de Irati, nossa intenção é buscar mais assinaturas para o abaixo assinado para a Campanha Pedágio Zero para Motociclista. Em Irati podemos contar com a colaboração dos organizadores do evento, um abraço especial para Marli Traple, a qual vem nos apoiando nessa campanha.
      
          Em nosso retorno passamos pela Confeitaria Kliewer na Colônia Witmarsun, onde fomos buscar algumas folhas do abaixo assinado.



          Necessitamos de aproximadamente 40.000 assinaturas, no site abaixo já estamos com mais de 36.000 - que puder acessar e colaborar nós agradecemos, não é necessário ser paranaense para assinar, uma vez que nossos amigos motociclistas de outros estados também passam por aqui de vez em quando, e nosso pedágio infelizmente é um dos mais caros do país.






Acesse o link abaixo para assinar



















5 comentários:

  1. Se fosse para redução do preço a valores razoaveis eu concordaria, mas deixar de pagar é onerar outros usuários pois os serviços de socorro, manutenção e fiscalização tem custo alto e prefiro ter esses serviços e não me importo de pagar por eles. Alias, já tivemos que usar o serviço de socorro na Fernão dias próximo a divisa com minas/sp e fomos prontamente atendidos. Abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não iria onerar os demais Marcio Oliveira - o movimento de motos nas rodovias paranaenses significa apenas 0,87% do volume total. O governo teria perda de menos de R$ 0,01 por moto, no entanto, ganharia em outro lado com o ICMS no combustível e o aumento de emprego na area de turismo dentro do estado.

      Excluir
    2. Na Bandeirantes e Anhanguera você sabe melhor que eu. Passa-se por um slalom lateral sem pagar e nem por isso a concessionária deixa de atender motociclistas com problemas.

      Excluir
  2. Ainda que não isentem, poderiam adaptar os SEM PARAR, CONNECT CAR para motos. Corremos muitos riscos ao parar nas cabines. Chuva, colisão traseira, óleo na pista, dificuldade para pagamento. Já fiz contato certa vez com a concessionária que disse não haver interesse nessa melhoria. Falta inovação para essas empresas que arrecadam muito bem. Aproveito para "reclamar" melhores condições em estacionamentos em estabelecimentos. Somos discriminados, em shoppings a moto fica longe, mal abrigada. Raros casos de noa infraestrutura e serviços para motociclistas.

    ResponderExcluir