quinta-feira, 30 de março de 2017

Bexiga cheia x pilotagem

          Voltamos a tratar de saúde, outro dia li algo no Facebook sobre esse assunto e então fui pesquisar um pouco a respeito, parece lenda urbana, mas tem embasamento científico, não é recomendável andar de moto com a bexiga cheia, em caso de acidente, o risco da bexiga estourar e causar uma infecção generalizada (sepse) é grande.

          A bexiga esta localizada atrás do púbis, osso localizado acima da região genital. Ao se encher, a estrutura fica mais tensa, exatamente como os balões de festas, e ultrapassa os limites do púbis em direção ao umbigo, o que facilita um rompimento em caso de impacto no abdômen.

          "Quando a bexiga está vazia, o osso da bacia pode se romper e perfurar o órgão. Mas, quando cheia, ela pode romper e deixar a urina extravasar para dentro da cavidade abdominal mesmo com traumatismo de menor impacto e sem fratura do osso", explica o urologista Celso Gromatzky, do Hospital Sírio-Libanês.

          A máxima vale para viagens longas e curtas -mesmo em grandes cidades, é interessante fazer trajetos de bexiga vazia. "Num caso de traumatismo severo, não vai evitar, mas em um de menor impacto, isso previne a ruptura de bexiga", diz.

          Se houver explosão de bexiga, o paciente não vai urinar, uma situação que não costuma passar despercebida. Mas pode haver perfurações tamponadas, em que a urina escapa aos poucos e pode demorar a ser notada. "Se isso não for percebido logo, a urina pode se infectar por bactérias e causar sepse."

          Segundo o Dr. Celso Gromatsky do Hospital Sírio libanês - SP, a causa principal é a contusão, ou seja, o golpe externo. Por estar cheia e não ter a capacidade de absorver impactos ela simplesmente explode como um balão de ar. Isso ocasiona a invasão dos intestinos por sangue e urina iniciando um processo acelerado de infecção e extrema dor. A vítima deve ser levada imediatamente ao Hospital.

          Então pessoas, bora lá cuidar da saúde e não ter vergonha de parar na estrada para dar aquela urinada no mato mesmo.



2 comentários: