quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Erros e acertos nas viagens em grupo

          Sabe, viajar em grupo é uma aventura para desvendar segredos e mistérios, podem ser bons, podem ser desagradáveis. Em minhas experiências viajando em grupo aprendi uma coisa, para viagens curtas você até pode viajar com conhecidos, mas numa viagem longa é interessante viajar com grupo de amigos.

          O conhecido é aquele que irá divergir de você e fazer valer a vontade dele, e se isso não ocorrer o resultado será uma briga, já o amigo pode até divergir de você, mas na hora do pega pra capar ele diz: Tô contigo!!

          Isso não quer dizer que um conhecido não possa vir a ser um grande amigo.  Viagens longas são cansativas e estressantes, é de extrema importância viajar com pessoas que você conheça bem, caso contrário poderá viver um conflito e então por abaixo todo seu passeio. 

          Numa longa viagem realizada tive as duas experiências, uma pessoa que até então era um conhecido passou a ser um grande amigo, desmontamos moto na estrada e tudo. Porém, na mesma viagem um amigo de grupo passou por uma situação de acidente com sua moto e então passou a me insultar com palavras de baixo calão, resultado, infelizmente a viagem acabou para ele, digo infelizmente porque o momento realmente era tenso, ele tinha todo motivo para estar nervoso e preocupado com sua moto e então acabou descontando naquele que julgava ser o responsável por isso.

          O fato de ter organizado aquela viagem, não me tornava responsável pelo tombo que ele levou, mesmo porque, foram meses discutindo rotas e situações da viagem e tudo que aconteceu na viagem foi falado em reunião, até mesmo o risco de tombos. Durante os meses que antecederam chamei a todos para fazerem pequenas viagens off road, e somente um compareceu e este acabou desistindo da viagem rsrsrsrs. O tombo se deu numa parte off road, ou seja, falta de pratica. Então foi a partir daquela viagem que eu comecei a repensar em viagens longas em grupo.

          As dicas que passo então para se realizar uma boa viagem em grupos são básicas.

1) Viajando com amigos - Como mencionado acima, viagens longas devem ser com amigos, aqueles que deitam no asfalto quente para ajudar no caso de quebra de motos, aquele que não se importa em sujar a mão de óleo. Vocês devem se lembrar que todos estão sujeitos a quebras e tombos e na estrada são somente vocês.

2) Planejamento da viagem - O planejamento deve ocorrer para evitar o stress, chegar numa cidade sabendo em qual hotel irão ficar hospedados ajuda muito.

3) Planejamento financeiro - a falta de dinheiro durante a viagem pode ser um fator de irritação, antes de viajar você devem definir qual será o estilo de viagem, ficarão hospedados em bons hotéis ou em hostels? Todos concordam com o tipo de acomodação?

4) Super lotar quartos - não é porque estão viajando em 4 amigos que todos irão dormir no mesmo quarto - nos primeiros dias pode até ser bacana, conversar sobre os trechos percorridos, mas do terceiro pra lá uns já começam a ficar mais cansados e querer um pouco mais de privacidade, o ideal é dividir em dois.

5) Nunca desgrudar: Vocês não precisam ficar juntos o tempo todo. É mais do que saudável que o grupo principal se divida em subgrupos, de acordo com os interesses, para fazer determinados passeios. Tem gente que acha shopping uma coisa chata (tipo eu), outros morrem de tédio em museus, há quem prefira pular o almoço para bater pernas por mais tempo e quem, a partir do terceiro dia, esteja acabado demais para acordar às 7 horas da manhã e sair pela estrada. Ninguém precisa fazer algo que não tem vontade ou que ultrapassa seu orçamento. É só marcar um lugar e horário para que todos se reencontrem. Essa regra não vale para a estrada, lá o compromisso deve ser mantido.

6) Se acomodar: Nunca lavar a louça (um pequeno exemplo) Se a viagem é longa, as tarefas em determinados pontos devem ser divididas por todos, deixando de sobrecarregar apenas um ou outro.

7) Ser inflexível: Quanto mais gente ceder sem perder o bom humor, mais chances de a viagem em grupo ser um sucesso. Desde a escolha do roteiro: ir com os amigos para aquele lugar que não tem nada a ver com você pode render boas surpresas. Releve também durante a viagem: a galera mudou a programação de última hora; perderam a reserva no restaurante? Procure mesa vazia em outro lugar, acabou o gelo? Exercite a paciência, dê risada e seja feliz.

8) Roteiros apertados: Em grupo, um passeio por dia já é lucro e rende mais diversão do que uma agenda cheia de pontos turísticos a fotografar.

9) Cuidado com a lentidão - sabe aquele momento em que muitos já estão com as motos ligadas e você ainda esta debatendo com outro amigo se foi pênalti ou não no jogo do Corinthians?? Então, ouviu o som dos motores meu amigo, corra lá colocar capacete para seguir viagem.


3 comentários:

  1. Excelentes dicas! Por acaso o brother teria alguma dica sobre viagem de moto a Machu Picchu? Sabe como estão as condições das estradas para lá? As alternativas de caminhos? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, valeu - sobre Machu Picchu - tem algumas dicas de rotas sim, no proprio blog no menu a sua direita vá até os links relacionados ao Peru. Abraço!!

      Excluir
  2. Viajar em grupo é fria, se são 3 amigos são tres problemas se são 10 amigos são 10 porblemas, só da briga viajem não rende perda de tempo viaje sozinho e conheça pessoas bons ventos !

    ResponderExcluir