segunda-feira, 27 de julho de 2015

Dia do Motociclista

Homenagem ao Dia do Motociclista

Nesse Dia do Motociclista, eu gostaria de prestar uma homenagem ao grande amigo Rafa.

          Essa é a história de um menino que chegou do interior paulista e conquistou o coração do povo aqui de Curitiba.

          De fala mansa e tímida, estava sempre de boa, mesmo diante de situações adversas lá estava ele com aquele sorriso.


          Ensinou que motociclismo não existe uma barreira num brasão, andava com todos, protegia a todos.

          Quantas vezes andei lá atras do bonde com ele - costumava brincar com a forma que ele pilotava sua moto, ele simplesmente encarnava o motociclista - em sua moto, braços semi abertos, cabeça erguida, ele fazia lembrar uma criança brincando de caminhãozinho - empurrando seu brinquedo e fazendo bruuuuummmmmm com a boca.

          Certa vez ficamos eu e ele parados na estrada, amarrei a moto dele na minha e andamos uns 30 km até chegar a minha casa, tomando um café e conversando, prometemos que nunca mais faríamos aquilo.

          Cara, você esta fazendo falta lá atrás, mas tudo bem, agora você esta ao lado Dele !!!

*** Rafa morreu por problemas de saúde, infelizmente não suportou a cirurgia - seu desejo era de ser cremado e que suas cinza fossem lançadas na estrada de Garuva (SC), então lá fomos nós.

Origem do Dia do Motociclista

          A data surgiu a partir de uma tentativa da Associação Brasileira de Motociclistas (ABRAM) de estipular um dia comemorativo oficial para motoqueiros. No entanto, não foi necessário criar nenhuma data nova. 

          Em 27 de Julho de 1974, morria o motociclista e mecânico da Honda Marcus Bernardi, que era bastante querido por todos. Por sugestão de Rogério Gonçalves - proprietário da Concessionária Honda de Sorocada, São Paulo - o deputado Alcides Franciscatto, em 1984, propôs que o Dia do Motociclista fosse comemorado em 27 de Julho, em homenagem ao ex-mecânico. 

          A ABRAM acabou por escolher esta data, entre todas as outras, como a oficial da Associação.


Oração do Motociclista

          "Senhor cada vez que subo numa moto sinto a liberdade e ao mesmo tempo tenho medo de encontrar-Te num destes caminhos perplexos do mundo.
          Como sou frágil diante da natureza, e ao mesmo tempo me sinto forte e dono de mim quando estou numa moto.
          Mas, Senhor, não quero perder minha vida num desses momentos.
          Quero que o guidão de minha moto esteja sempre firme em minhas mãos, Senhor, que o capacete que me protege a cabeça seja a segurança de que de que preciso, e que Tu, Senhor, sejas a minha proteção permanente.
          Perdoa-me Senhor, se por vezes abuso da liberdade que me deste e corro alucinado, ou me perco em emoções na velocidade, em busca de respostas...
          Que cada dia eu possa sentir a Tua presença na brisa que recebo no rosto, na velocidade e na superação de meus próprios limites, na responsabilidade da vida que me deste.
          Quero sentir Tua presença protetora e amiga, pois sei que estás comigo como meu caroneiro.
          Protege, Senhor, nossas vidas, e acolhe junto de Ti os companheiros que já partiram, que eles possam viver as alegrias de estarem Contigo, e que nós tenhamos a esperança de um dia também encontrar-Te.
          Protege, Senhor, por intermédio de Nossa Senhora de Caravaggio, nossas motos, nossas vidas e nossos caminhos para que, na certeza de Tua presença, possamos dar-Te glória e louvor, para sempre, amém.
 
Nossa Senhora de Caravaggio, Rogai por nós. Amém"

Nenhum comentário:

Postar um comentário